Desiludido Paulo Sérgio

Estou aqui desiludido a procurar 

A fé perdida, o fim da vida, eu quero achar 
Amei demais, fui bom rapaz, só fim o bem 
De tanto amar, eu me perdi, não sou ninguém 
Na minha vida conheci desilusão 
Gente fingida, sem amor, sem coração 
Na minha vida conheci desilusão 
Gente fingida, sem amor, sem coração 
Muitas promessas de amor eu escutei 
Da namorada, bem amada, que eu sonhei 
Desiludiu-me, me perdi de uma vez 
Ficou com outro, me deixou, não faz um mês 
Na minha vida conheci desilusão 
Gente fingida, sem amor, sem coração 
Na minha vida conheci desilusão 
Gente fingida, sem amor, sem coração 
Os meus sonhos se esvaíram 
Do meu ser para o espaço 
Os meus sonhos contruídos 
Todos eles destruídos 
Desamor, tédio e fracasso 
Na minha vida conheci desilusão 
Gente fingida, sem amor, sem coração 
Na minha vida conheci desilusão 
Gente fingida, sem amor, sem coração.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s